Compartilhe nas redes sociais

Documentos Necessários para Empréstimo Consignado« Voltar

Consignado
Documentos Necessários para Empréstimo Consignado

Quais são os documentos necessários?

Uma das grandes vantagens do consignado é seu simples processo de contratação. Para garantir as melhores taxas e um bom prazo para quitação, basta solicitar o seu junto à instituição financeira e apresentar:

  • seu RG
  • seu CPF;
  • um comprovante de residência;
  • seu contracheque ou número de beneficiário do INSS — este último é para comprovar seu vínculo a alguma empresa/organização que tenha convênio com bancos que ofereçam o consignado.

Além disso, você também deve informar, no ato da contratação, os dados da sua conta corrente para receber o valor — no caso de beneficiários do INSS, a conta é a mesma em que você recebe seu benefício. Por conta disso, a conta corrente precisa ser de titularidade da mesma pessoa que contratou o consignado. Vale ressaltar, por fim, que não é necessário ser correntista da mesma instituição financeira na qual você está adquirindo o seu empréstimo.

Por que é tão fácil?

Resumidamente, o consignado é uma modalidade que depende apenas de o contratante conseguir comprovar uma fonte de renda estável. Por isso, basta apresentar algum documento que comprove esta renda (no caso, contracheque ou número de beneficiário do INSS) e, claro, outros que provem a sua identidade.

Dessa forma, o banco entra em contato com a empresa na qual você trabalha ou com o INSS para verificar que você realmente tem este vínculo a eles e, dessa forma, possam juntos validar e aprovar a sua solicitação.

Meu CPF será consultado?

empréstimo consignado não leva em conta análises de órgãos como SPC ou Serasa, então mesmo quem tem nome sujo pode solicitar o seu — bastando, claro, apresentar os documentos válidos necessários para a contratação.

Agora que você já viu que é fácil reunir e apresentar os documentos necessários para contratar o seu consignado, que tal acessar o site do PB Consignado e fazer uma simulação? Nossas taxas vão até no máximo 2,07% a.m., com prazos de 6 a 72 meses. Não perca esta oportunidade!